31/03 – Dia Mundial da Nutrição

  • Categoria :Blog - Gastronomia
  • Data :31 / março / 2020

31/03 – Dia Mundial da Nutrição

Por Sandra Zarpelon, Coordenadora do curso de Gastronomia da FAEP

Nesse dia Mundial da Nutrição, convidamos você para uma reflexão sobre o panorama da alimentação no mundo. Data que faz parte do calendário oficial do Ministério da Saúde e tem o objetivo de conscientizar a população sobre a importância da saúde e da boa alimentação.

Mas como eu sei se o meu tipo de alimentação é saudável?  O que eu estou comendo  cumpre todas a exigências referentes a nutrição necessárias para o meu tipo de atividade física?

A alimentação é um fator primordial na vida de todos nós, não apenas por ser uma necessidade básica, mas por ter se transformado em um problema de saúde pública, uma vez que o excesso ou a falta podem causar muitas doenças. Embora isto seja bastante evidente e divulgado, ainda há muitas dúvidas a este respeito.

Um dos maiores prazeres do ser humano é comer e, com a correria do dia a dia, as pessoas acabam optando por alimentos prontos, rápidos, mais calóricos, como os famosos fastfoods, deixando de lado o cuidado com a saúde.

Uma alimentação saudável e balanceada é fundamental para a prevenção de doenças, qualidade de vida e manutenção da saúde e bem-estar.

 HÁBITOS ALIMENTARES

Quando se fala em alimentação saudável, parece ser algo muito simples, pensando que basta evitar gorduras, frituras, açúcares e comer saladas. Mas não é só isso. Restringir a alimentação a carboidratos ou proteínas pode ser um problema. A opção por um e eliminação do outro pode causar danos à saúde e o preço pode aparecer a longo prazo.

É muito importante entender que qualquer mudança no hábito alimentar requer tempo para acontecer efetivamente. Por isso, deve ser feita com cautela, já que as pequenas mudanças viram hábitos aos poucos.

DICAS NUTRICIONAIS

Os nutricionistas recomendam dois passos iniciais: comer com moderação e em horários regulares. Comer bem e com calma, apreciando o sabor dos alimentos. Outra dica é não cortar repentinamente um único tipo de comida da alimentação e prestar atenção nas quantidades. Devemos lembrar que os alimentos são combustíveis para manter o bom funcionamento do organismo. 

Neste caso, o que muitas pessoas não sabem é que a Nutrição possui Quatro Leis, definidas pelo médico argentino Pedro Escudero, em 1937, e consideradas até hoje como base de uma alimentação saudável. São elas:

Quantidade: deve ser suficiente para garantir as exigências energéticas do organismo e manter o seu balanço em equilíbrio.

Qualidade: o cardápio deve ser completo para oferecer ao organismo todas as substâncias que o integram. Quanto mais coloridas forem as suas refeições, mais diversidade de nutrientes  que você estará ingerindo.

Harmonia: a quantidade dos diversos nutrientes que integram a alimentação deve guardar uma relação de proporção entre si. O nosso organismo aproveita corretamente os nutrientes quando estes se encontram em proporções adequadas.

Adequação: a finalidade da alimentação está subordinada à sua adequação ao organismo. O estado fisiológico, os hábitos alimentares, as condições socioeconômicas, as alterações patológicas e os ciclos da vida fazem com que o organismo tenha necessidades nutricionais diferenciadas, dependendo da situação em que ele se encontra.

PARA UMA MELHOR QUALIDADE DE VIDA

É importante reforçar que não é preciso viver de dieta, nem mesmo comer só um tipo de alimento, é necessário ter uma alimentação saudável. O nosso corpo é formado por células que precisam de nutrientes, como vitaminas, minerais, fibras etc. E, neste caso, o nutricionista será seu melhor aliado para auxiliar você a aplicar estas leis, respeitando a sua realidade.

Uma alimentação equilibrada e um estilo de vida saudável certamente o ajudará a enfrentar uma doença da melhor situação, caso ela apareça. Mas, não podemos esquecer que a má alimentação de pessoas com excesso de peso também é preocupante para a saúde. Segundo os nutricionistas, não adianta achar que uma pessoa terá o melhor desempenho no tratamento de uma doença, no ganho de massa muscular, na queima de gordura ou na beleza da pele se suas células não “funcionarem” corretamente.

Os benefícios de uma alimentação saudável mantêm o bom funcionamento do organismo, previnem doenças, melhoram a qualidade de vida, a qualidade do sono, fornecem mais energia ao corpo, aumentam a expectativa de vida e, também, auxilia no controle do peso. Portanto, pratique sempre uma boa alimentação com a quantidade suficiente, qualidade completa, harmonia em seus itens e adequada à sua finalidade e a quem se destina.

Para entender melhor como mudar seu estilo de vida, procure um especialista e compartilhe as dicas com seus familiares, amigos e colegas. Juntos, podemos contribuir por um mundo melhor e uma alimentação saudável para todos.

Expanda seu Cardápio de Conhecimento! Faça Graduação em Gastronomia na FAEP!