12/04 – Páscoa x Gastronomia

  • Categoria :Blog - Gastronomia
  • Data :13 / abril / 2020

12/04 – Páscoa x Gastronomia

Texto adaptado por Sandra Zarpelon

Um pouco da História da Páscoa

A Páscoa é uma importante comemoração da tradição cristã, mas essa comemoração possui origens na tradição judaica e sofreu influências de povos pagãos ao longo da história. A Páscoa é uma das mais importantes festividades do calendário cristão. Essa data comemorativa originou-se com os judeus e teve seu sentido ressignificado após a crucificação de Cristo. Algumas características da Páscoa moderna também possuem elementos herdados de povos pagãos. A Páscoa é uma celebração de data móvel, e o seu significado mais conhecido – o cristão – relembra a crucificação e ressurreição de Cristo. A palavra “páscoa” no idioma português deriva dos termos em três idiomas “Pessach”, no hebraico, “Pascha”,no latim, e “Paskha”, no grego.

As comidas típicas da Páscoa ao redor do mundo

Além de uma celebração religiosa, a Páscoa é uma data em que famílias do mundo todo se reúnem em torno de suas mesas para compartilhar pratos tradicionais desse período. Agora você conhecerá algumas comidas tradicionais da Páscoa em outros países para se inspirar.

Alemanha – Osterlamm

Na celebração da páscoa alemã, alguns pratos têm presença garantida: o Osterbraten é um assado de carne que está sempre na mesa dos alemães no domingo juntamente com o delicado Osterlamm que, embora literalmente signifique cordeiro da Páscoa, não é realmente carne de cordeiro, mas sim uma massa assada em formato do animal.

Ein Klassiker zu Ostern: Lammbraten mit Rosmarin

Brasil – Bacalhau

Disseminado pelos portugueses na época do descobrimento, o hábito de comer bacalhau se espalhou pelo Brasil. Por ser uma comida “fria” e, portanto, permitida durante o período de jejum, estipulado pela igreja na preparação para a Páscoa, o prato ganhou espaço nas mesas e virou tradição no país durante esse período. Costuma vir acompanhado de batatas, ovos, azeitonas, cebolas e temperos. 

Itália – Colomba Pascal

Na Itália, o almoço de páscoa costuma durar horas, pois reúne a família toda em torno de uma grande mesa. O cardápio conta com o famoso abbacchio italiano, que consiste na carne de um cordeiro novo criado apenas com leite, e na tradicional Colomba Pascal. A Colomba Pascal é um pão doce que até se parece com Panetone, por ter frutas cristalizadas e uvas passas no recheio, mas tem sua particularidade: ela leva amêndoas e glacê na cobertura, fazendo com que ela tenha um sabor único. O bolo é tradicionalmente servido após o almoço do domingo ou no café da manhã. Uma curiosidade em relação ao nome da sobremesa: ela significa pomba em italiano e, por isso, é feita com esse formato específico.

A colomba pascal conquistou o gosto dos brasileiros.

Portuga – Folar

Imagine assar um pão com ovos inteiros por cima dele. Pode parecer estranho por aqui, mas para os portugueses essa é a receita para a tradicional receita pascal: o Folar, um pão à base de água, sal, ovos e farinha, que pode ser doce ou salgado e que leva ovos no topo. Além dele, é possível encontrar também muitas opções de amêndoas. As receitas variam também nas coberturas, que podem ser de chocolate, açúcar ou canela. 

Folar da Pascoa

E os ovos de chocolate?

Ovos de Páscoa do famoso chocolateiro de luxo francês Jean-Paul Hévin.

Comer ovos feitos de chocolates na Páscoa é uma tradição secular vinda da França, onde ovos de galinha eram esvaziados, preenchidos com o creme de cacau e decorados por fora. Essa tradição se espalhou pelo mundo, e hoje, está presente em diversos países. Entretanto, o Brasil tem destaque especial na lista de maiores consumidores do doce. Em 2018, 11 mil toneladas de chocolate foram utilizadas no país para a produção de ovos.

Agora que você já conhece várias opções de pratos diferentes para a Páscoa, basta preparar o seu preferido para acompanhar os ovos de chocolate.

Aproveite esses lindos pratos e conheça o Curso de Gastronomia na FAEP!!!